O que precisa de saber antes de investir em semicondutores

O que precisa de saber antes de investir em semicondutores

Os chips/semicondutores estão presentes nos nossos telemóveis e computadores e são considerados um dos motores do crescimento tecnológico. Sem eles não seria possível alimentar a economia digital em permanente expansão. Serão, por isso, uma boa oportunidade de investimento?

A indústria dos semicondutores foca-se no fabrico de chips utilizados em tecnologias como processadores e memórias de computadores pessoais ou servidores na indústria de cloud. Mas não só. Estes dispositivos, fabricados a partir de discos de silício (uma matéria semicondutora e por isso capaz de conduzir ou não a eletricidade), também estão presentes na inteligência artificial e robótica.

A propriedade semicondutora é fulcral para o seu fabrico, uma vez que os chips se baseiam em milhões de circuitos para o processamento ou armazenamento de memória. São estes circuitos que, caso conduzam eletricidade, formam os uns e os zeros que são utilizados na linguagem binária dos computadores.

 

Quanto vale a indústria dos semicondutores?

A indústria de semicondutores tem vindo a crescer desde 1987. Estima-se que, em 2020, as suas receitas, que apresentam uma taxa anual de crescimento de 6,7%, cheguem aos 503 mil milhões de dólares.

As redes wireless são o principal destino dos semicondutores mas a procura por hardware e aplicações também constituem importantes fontes de receita.

 

Qual é a prevalência da indústria dos semicondutores na sociedade?

Os semicondutores influenciam-nos direta e diariamente ao permitirem o processamento e armazenamento de informação digital como fotografias, filmes, dados, aplicações ou mesmo visualizações em streaming.

No meio empresarial os semicondutores não são menos relevantes: criam e processam maiores quantidades de informação, melhorando a eficiência das empresas e dos seus produtos.

Além do processamento, o armazenamento de informação é cada vez mais uma preocupação, levando ao crescimento do segmento de cloud. Estes fatores fazem antever uma tendência de crescimento da procura no médio e longo prazo.

 

Quem são os principais players da indústria dos semicondutores?

Desde a produção ao desenho e à comercialização, esta indústria conta com vários players ao longo da cadeia de valor.

Por exemplo, a ASML, Applied Materials e LAM Research desenvolvem equipamentos para a produção; a Micron Technology, GlobalFoundries e STMicroelectronics focam-se na produção; e a AMD no design.

São também de salientar a Intel na produção e comercialização de processadores, a Micron Technology nas memórias e a NVIDIA nas unidades gráficas.

 

Porquê investir em semicondutores?

Os servidores de empresas como Microsoft, Google, Amazon e Facebook armazenam grandes quantidades de informação – uma realidade que, ao continuar a expandir-se, beneficiará os fabricantes de semicondutores.

Por exemplo, players como Intel, AMD e NVIDIA poderão favorecer da expansão digital se venderem unidades de processamento e gráficas que permitam realizar este armazenamento de informação de forma eficiente através de inteligência artificial.

A dimensão desta indústria, investigação, tecnologia de ponta associada e tendência de crescimento da procura posicionam-na como uma oportunidade de investimento de valor acrescentado comparativamente a outros setores.

 

Como investir em semicondutores?

Antes de pensar em aplicar o seu capital nesta indústria, é importante estar atento e acompanhar a evolução do mercado. O PHLX Semiconductor Index (SOX), índice benchmark do setor, pode ajudá-lo nesta tarefa,

Quando considerar que está pronto para investir na indústria de semicondutores pode fazê-lo através de um ETF ou mesmo um fundo de investimento direcionado para este setor. Adicionalmente, o serviço de aconselhamento de ações do BiG – Equity Advisor – disponibiliza três carteiras de investimento de oito ações cada com exposição a esta e outras tendências de mercado, estudadas pelo departamento de Research do BiG.

O BiG pode ajudá-lo

Receba a nossa newsletter

Fique a par das últimas novidades do BiG e receba periodicamente os nossos conteúdos.